Valor do Bolsa Família

Valor do Bolsa Família

O Programa Bolsa Família foi criado em 2004, e desde então se tornou o principal programa social do país, sendo responsável por retirar milhares da extrema pobreza.

Advertisement

É definido como um programa social de transferência de renda direta para as famílias que se encontram em situação de pobreza.

Este programa garante que estas pessoas tenham acesso à renda e a garantia dos direitos sociais como acesso à saúde e educação.

Neste artigo você ficará sabendo sobre os seguintes detalhes do Bolsa Família:

Advertisement

Como funciona o programa Bolsa Família

Para que a família receba seja incluída no programa, é necessário que ela cumpra com algumas regras, prevista na Lei nº 10.836.

No Brasil, atualmente é garantida essa assistência financeira para cerca de 14 milhões de famílias em condições de vulnerabilidade social.

O Programa consiste em um auxílio em dinheiro depositado diretamente na conta da responsável pela família. Porém, a família precisa cumprir com algumas condicionalidades.

As condicionalidades são regras, em relação à saúde e educação, estabelecidas para que o repasse da renda seja feito.

As condições do programa Bolsa Família são

  • As crianças e adolescentes de até 17 anos devem estar matriculados na escola e ter no mínimo 85% de frequência mensal;
  • Todas as crianças e adolescentes da família devem estar devidamente vacinadas, com registros na Caderneta de Vacinação;
  • As gestantes devem realizar o acompanhamento pré-natal a partir do momento que souber da gravidez;
  • Crianças até os 7 anos de idade devem realizar acompanhamento do seu crescimento e desenvolvimento;
  • Mulheres que amamentam devem realizar acompanhamento médico e estar com todas as vacinas em dia;
  • Crianças e adolescentes em condições de trabalho infantil devem imediatamente ser retiradas de tais atividades;
  • A cada 2 anos, é exigido o recadastramento das famílias no Programa Bolsa Família.


Caso essas regras não sejam cumpridas ou seus dados não forem atualizados devidamente no sistema, a família corre o risco de ter seu benefício suspenso.

Valores pagos pelo Bolsa Família em 2020

Não é possível predizer com exatidão o valor que cada família receberá em cada ano, pois cada família possui as suas particularidades.

O valor pago a cada família é resultado de uma somatória de benefícios que são definidos a partir da renda per capita, números de filhos, dentre outros.

Advertisement

Existem vários tipos benefícios disponíveis:

  1. Benefício básico: este tipo é pago somente para as famílias que vivem em situação de extrema pobreza, onde a renda por pessoa é de até R$ 89,00. Este benefício é de R$ 89,00;
  2. Benefício variável: cada família tem direito de receber até 5 benefícios desta categoria;
  3. Benefício variável de 0 a 15 anos: destinado às famílias que possuem em seu núcleo crianças ou adolescentes de 0 a 15 anos de idade. Este benefício é de R$ 41,00;
  4. Benefício variável às gestantes: destinado às famílias que possuem uma gestação em seu núcleo, é recebido mensalmente durante nove meses. Este benefício é de R$ 41,00;
  5. Benefício variável nutriz: destinado às famílias que possuem em seu núcleo um bebê de até 6 meses, mesmo que a mãe não more junto. Este benefício é concedido para reforçar a alimentação da criança e é de R$ 41,00;
  6. Benefício para superação da extrema pobreza: o valor recebido diferencia entre famílias, sendo calculado a partir da renda per capita e do benefício básico recebido.


Como cada família pode acumular até 5 tipos de benefícios não há um valor estabelecido, mas a média no Brasil é de R$ 180,00 por família. Para maiores informações entre no site clicando aqui.

Como receber estes benefícios?

Para ser cadastrado, é necessário que um membro da família leve o documento de identificação pessoal até o Setor responsável na prefeitura de seu município.

Neste local, o Responsável Familiar será submetido também a uma extensa entrevista onde este deve fornecer informações sobre todos os membros da família.

Quando aprovado, a família receberá em seu domicílio uma carta de aprovação, dentro de 60 dias, juntamente com seu cartão Bolsa Família.

Junto com o cartão, a família irá receber panfletos informativos, o calendário de saques e instruções de ativação do cartão.

Caso a família não seja aprovada, ela deve buscar explicações na Central de Atendimento da CAIXA ou no próprio local de cadastramento.

Em muitos casos, o Programa Bolsa Família tem um número máximo de ingressantes por município, sem conseguir atender a demanda de todos àqueles que necessitam.

Entretanto, o Bolsa Família é um programa social dinâmico, que há uma constante entrada e saída de famílias, possibilitando a entrada de novas frequentemente.

Reajuste anual do Bolsa Família

Anualmente, o Programa Bolsa Família sofre reajuste nos valores dos benefícios que são direcionados as famílias.

Estes reajustes são definidos pelo Governo Federal, mais especificamente, pelo Ministério da Economia.

A situação atual econômica do país interfere diretamente no valor recebido, assim também como a quantidade de ingressantes no Programa.

Vale ressaltar que o Governo Federal possui um limite orçamentário destinado ao Programa que deve ser respeitado, por essa razão, nem todos que se cadastram são aceitos. Se for necessário maiores informações entre no site oficial clicando aqui.

Além destas plataformas, existem também os e-mails:

  • Para dúvidas referente ao Bolsa Família e Cadastro Único;

gestorpbf@mds.gov.br

  • Para perguntas exclusivamente referente ao Cadastro Único;

cadastrounico@mds.gov.br

  • Para informação sobre a frequência escolar das crianças e jovens.

frequenciaescolar@mec.gov.br

Contudo, se você gostou do artigo VOTE e em seguida COMPARTILHE.

Esse site usa cookies Ok Mais detalhes

Termos & Política de Privacidade